Globedia.com

×
×

Error de autenticación

Ha habido un problema a la hora de conectarse a la red social. Por favor intentalo de nuevo

Si el problema persiste, nos lo puedes decir AQUÍ

×
cross

Suscribete para recibir las noticias más relevantes

×
Recibir alertas

¿Quieres recibir una notificación por email cada vez que Juan Pardo escriba una noticia?

Dilma.- Golpes do cotidiano político

12/04/2016 01:30 0 Comentarios Lectura: ( palabras)

image Não vai ter golpe porque eles já estão acontecendo, faz tempo, na dinâmica política brasileira, em especial no Congresso Nacional. O ministro Luís Roberto Barroso denunciou a falta "do mínimo de legitimidade democrática" em nosso sistema. Há um golpe nos princípios da impessoalidade e da moralidade quando o pedido de impeachment, que envolve a decisão constitucional mais grave de nosso ordenamento político, é aceito por retaliação do presidente réu Cunha contra o PT. Este partido, depois de muito vacilar, votou pela admissibilidade da Representação contra Cunha que protocolamos no Conselho de Ética.Mas os golpes são, sobretudo, na verdade: na Câmara dos Deputados, sucedem-se sessões extraordinárias de cinismo. Nasce um "zelo orçamentário" inédito, proclamado por parlamentares que só se preocupam com suas emendas individuais, para garantir a reprodução de mandatos com obras em seus redutos eleitorais. Nunca se falou tanto no controle sobre o Orçamento, embora raros sejam os que queiram o cumprimento da Constituição no que diz respeito à auditoria da dívida pública (art. 26 das Disposições Transitórias).O repúdio à corrupção é unânime. Porém, muitos dos que clamam contra ela são investigados ou réus na Justiça por...corrupção. A justa grita pela moralidade pública tem vozes fortes entre os que não dizem um 'ai' quanto aos malfeitos do ainda presidente da Câmara, a quem são totalmente submissos.Fala-se, não sem razão, do "estelionato eleitoral" de Dilma. Ela, de fato, tentou fazer no seu primeiro ano de governo o contrário do que afirmara na campanha, com o ajuste "puro e duro". Só que as medidas de seu então ministro Joaquim Levy, que fora consultor econômico de Aécio, foram rejeitadas pelo PSDB, por serem propostas por um governo ao qual se opunham. Isso também é estelionato eleitoral...O golpe na política vem também através do tradicional "varejo" de cargos na máquina pública, para garantir votos para uma ou outra posição. Os "fiéis da balança" sobre o impeachment de Dilma são os deputados que, declarando-se indecisos, expõem-se à ofensiva sedutora. E não apenas do governo. Também os que querem derrubá-lo fazem suas ofertas.O golpe mais profundo, porém, é na apreciação da realidade: muitos vendem a ideia enganosa de que mudando o governante o país mudará. Entretanto, como dizia Einstein, "loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual". Urgente mesmo é mudar nosso modelo econômico e nosso sistema político. Em uma democracia substantiva, isso só se dará envolvendo Sua Excelência, o cidadão comum . image


Sobre esta noticia

Autor:
Juan Pardo (3169 noticias)
Fuente:
blogdejuanpardo.blogspot.com
Visitas:
1524
Tipo:
Opinión
Licencia:
Distribución gratuita
¿Problemas con esta noticia?
×
Denunciar esta noticia por

Denunciar

Etiquetas

Comentarios

Aún no hay comentarios en esta noticia.